http://www.cetesb.sp.gov.br

Galeria de Honra

Foto de Antonio C. ConsoliAntonio Claret Consoli, Técnico Químico, graduado pela “Escola Técnica de Química Industrial” em Itajubá-MG.
Em 1967 foi contratado pelo Departamento de Águas e Energia Elétrica – DAEE, com o objetivo de dar início a um recente “Laboratório de Saneamento” construído na cidade de Taubaté-SP. Passou por treinamentos no Departamento de Água e Esgoto, em São Paulo, nos laboratórios da ETE da Rua do Manifesto, no Ipiranga e nos laboratórios da ETA do Alto da Boa Vista, onde teve como instrutores os funcionários, Ivan Ronaldo Horcel, Daicy Gradia Baptista Horcel, Katia Florentina Cesar Momo, Terezinha Martins, “Seu” Porfírio, entre outros.
Foi comissionado no Fundo Estadual de Saneamento Básico – FESB, desde seu início e em janeiro de 1973, através de concurso, passou a fazer parte do quadro de funcionários. Como Técnico Químico atuou na empresa a qual deu origem à CETESB. Exerceu as funções de Técnico Especializado em Análises Físico – Químicas.
Participou de vários treinamentos na Sede da empresa, em Pinheiros, e coordenou a implantação do Controle de Qualidade de Análises Químicas na Regional de Taubaté.
Graduou-se em Engenharia Civil e pós graduou-se em Engenharia Sanitária, Lato Sensu, pela Universidade de Taubaté – UNITAU.
Convidado pelo, então diretor da CETESB, engenheiro Eduardo San Martim, exerceu o cargo de Gerente do Setor de Laboratórios, permanecendo nesta função até se aposentar.
Aprovado em concurso foi admitido na SABESP atuando nos laboratórios e na elaboração de normas técnicas.
Teve participação na implantação dos Laboratórios da Empresa de Pesquisa, Tecnologia e Serviços da Universidade de Taubaté – EPTS, inicialmente como consultor e em seguida contratado por esta empresa. Encerrou suas atividades profissionais em 2005.
Atualmente exerce trabalhos voluntários na cidade de Itajubá, onde reside, nas seguintes Entidades: Conselho do Patrimônio Histórico e Artístico – CODPHAI, Academia de História e Circolo Italiano.

luz 10112013_0000 Bartholomeu Ferez Cruz

Bartholomeu Ferez Cruz, contratado em 1968 pelo FESB – Fundo Estadual de Saneamento Básico. Em 1970 transferiu-se para a Cetesb, atuando inicialmente como químico, depois como encarregado do laboratório de Química Inorgânica ate 1987, do qual assumiu a gerência até 1990.
Trabalhou na implantação do Programa Global Environmental Monitoring System – GEMS/Agua e Pronacop, em vários estados do Brasil onde participou da implantação do laboratório de controle das aguas do Rio Parana, durante as obras de Itaipu.
Atuou na CETESB até 1990 e, em 2002 tornou-se sócio do laboratório de analises TCA e também Diretor Técnico do Laboratório Ambiental da empresa Digimed, especializada em equipamentos para análises.

 Cacilda Jiunko Aiba
Bacharel em Química com Atribuições Tecnológicas e Licenciada em Química pela USP – 1967, Doutora em Química Orgânica pela USP – 1973. Atuou na CETESB entre agosto de 1978 e dezembro de 2007. Foi contratada como Química no Setor de Análises Orgânicas onde atuou em desenvolvimento de  metodologias analíticas de parâmetros orgânicos novos que começavam a despontar como de importância ambiental crescente nos EUA e Europa.
Atuou como gerente do Setor de Análises Orgânicas de 1984 a 1991 sempre objetivando o desenvolvimento de novas metodologias analíticas no campo das determinações orgânicas. Foi gerente de Divisão de Análises Químicas de 1991 a 1992 ano em que se transferiu para a Divisão de Apoio Tecnológico da Diretoria de Controle da Região Metropolitana. De 1995 até 2007, quando se aposentou, atuou como gerente da Divisão de Análises Físico Químicas tendo participado ativamente em projetos e atividades relacionadas ao objetivo principal de atualizar metodologias de análise para os laboratórios de Química Orgânica e Química Inorgânica. Foi responsável direta pela modernização do sistema de qualidade analítica e a obtenção da acreditação do INMETRO para os laboratórios de Química, bem como,  o desenvolvimento de novas metodologias analíticas necessárias para dar o apoio às várias áreas da CETESB.
Teve participação direta e decisiva na implantação do Laboratório de Dioxinas e Furanos, o que permitiu à CETESB ser  escolhida como centro de referência da Convenção de Estocolmo para poluentes orgânicos prioritários. Propôs e coordenou junto às agências de fomento, PROCOP, UNEP, FEHIDRO, KFw, projetos para modernização dos laboratórios através da reforma de estrutura física e aquisição de equipamentos.

 Ernesto Werner Fredricksson
Ernesto Werner Fredricksson – engenheiro químico, formado pela  Escola Politécnica (Universidade de São Paulo) em 1949. Iniciou sua carreira na antiga Fábrica de Aço Paulista, depois passou a atuar no laboratório químico de controle de normas (MIL e Rolls Royce) no parque da FAB no Campo de Marte, ingressou no serviço público no ano de 1957 e foi nomeado engenheiro de carreira em 1959, iniciando seus trabalhos no laboratório químico do Departamento de Obras Sanitárias (DOS), sob a dire ção do Engenheiro Químico Armando Fonzari Pêra , onde realizava inspeções em
Estações de Tratamento de Água no interior do Estado.
Com a criação da Cetesb em 1968, e os términos do serviço do DOS, atuou no tombamento dos laboratórios de água do interior. Já na nova autarquia foi o chefe de treinamento de novos funcionários. Em 1969 , em Santos,chefiou por  1 ano o laboratório responsável pela qualidade da água das praias do litoral de São Paulo e da instalação dos cloradores dos canais da cidade de  Santos , além de realizar pesquisas oceanográficas para o projeto de lançamento de esgotos no emissário da praia  do José Menino.
De volta a São Paulo , atuou na chefia dos laboratórios químicos, foi chefe do controle de qualidade analítica sob a assessoria da Water Research Center  e recomendação da OMS ( Organização Mundial da Saúde). Aposentou-se em 1988 após o Congresso Sul Americano realizado na Cetesb e conclusão dos trabalhos, para progressimento.

 Federico Jimenez Roman
Engenheiro Químico, Engenheiro em Segurança do Trabalho, Analista Físico-Químico Especializado e Técnico Químico, atuou na CETESB ente 1975 e 1994, tendo exercido as funções de Técnico Especializado em Análises Físico – Químicas de águas brutas, residuárias e águas para consumo humano, por técnicas instrumentais, Gerente do Setor de Química Inorgânica, Engenheiro no Controle da Qualidade Analítica, Controle Estatístico da Qualidade Analítica dos Laboratórios da Sede, Regionais e Conveniados, foi responsável também pela implantação do Sistema Informatizado de Laboratórios. Participou ativamente do programa Global Environmental Monitoring System – GEMS/Água coordenando pela Secretaria Especial do Meio Ambiente do Governo Federal avaliando da qualidade das águas superficiais em diversos pontos do Brasil e tornando-se um dos precursores brasileiros dos sistemas de qualidade em laboratórios de Química.
Ainda pela CETESB foi consultor  da Organização Mundial da Saúde em controle de qualidade analítica para a secretaria de Agricultura y Recursos Hidráulicos do México, Universidad del Vale  e Corporación Autonoma Regional da Colômbia além da Oficina Sanitária Panamericana do CEPIS, Peru.

Ivan Ronaldo Horcel
Um dos primeiros Químicos da CETESB, atuou na empresa desde a sua criação até o ano de 1991. Anteriormente trabalhou como Técnico Químico no Departamento de Águas e Esgotos de São Paulo e no Centro Tecnológico de Saneamento Básico, diretoria do FESB, a qual deu origem a CETESB.
Entre 1970 e 1987 exerceu os cargos de Encarregado e, como Químico, Gerente do Laboratório de Química Inorgânica e posteriormente, entre 1987 e 1991 foi Gerente da Divisão de Análises Químicas, tendo participado da instalação dos laboratórios de Química da empresa. Pela CETESB atuou ainda como consultor no desenvolvimento e implantação de metodologias analíticas para o FILSAN (RS), foi consultor técnico do Projeto Tietê, docente em vários cursos e treinamentos, secretário da Comissão de Estudos para análises inorgânicas frente a ABNT, tendo participado também da elaboração do Guia de Coleta e Preservação de Amostras da CETESB, de 1984, publicação ainda hoje utilizada como referência na atividade.

 João Ruocco Jr
Bacharel e Licenciado em Química com Atribuições Tecnológicas pela USP em 1969, egresso do Centro Tecnológico de Saneamento Básico, foi um dos precussores  da Química na  CETESB, onde atuou desde a sua criação até o ano de 1991. Neste período exerceu, na função de Químico, os cargos de chefe do Laboratório de Química Inorgânica, Gerente e Coordenador dos Laboratórios de Química da Sede e Regionais, dos quais foi um dos principais responsáveis pela fundação e operação e Superintendente da Qualidade. Trabalhou na implantação do programa Global Environmental Monitoring System – GEMS/Água, em programas de capacitação técnica e avaliação de laboratórios para o Pan American World Health Organization – PAWHO – em toda a America Latina, tendo também sido consultor em projetos e convênios com a BMFT-GTz, FUNDACENTRO e ABNT. Entre 2003 e 2009, já fora da CETESB, foi Gerente da Operação Brazil da National Sanitation Foundation International– NSF, de Ann Arbour, USA. Atualmente é consultor em empresas nacionais de água mineral e da Associação Brasileira das Indústrias de Água Mineral.

Luizmar Chaves Seabra PereiraLuizmar Chaves Seabra Pereira
Luizmar Chaves Seabra Pereira, Técnico em Química Industrial, Licenciado em Ciências na modalidade Química Plena e Pós Graduado em Gestão Ambiental pela UNISANTA, ingressou no FESB em 1968, sendo transferido para a recém criada CETESB, onde atuou desde 24/12/1968, sempre na Regional de Santos, como: Analista de Laboratório, Analista de Laboratório Especializado, Chefe da Divisão de Laboratório de Santos, de 1977 a 1987, e Superintendente/ Gerente Regional de Santos para a Baixada Santista, de1987 a 1991. Acumulando em 1989 o cargo de coordenador Regional do Comitê de Defesa do Litoral  Paulista (CODEL). Aposentou-se na CETESB em 1992. Exerceu, concomitantemente, em período noturno, desde 1969, atividades docentes como:  Vice Diretor, por uma década, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da UNISANTA, Professor de Química das Faculdades de Engenharia e Ciências e Tecnologia da UNISANTA e em Curso Técnico de Química Industrial do Colégio do Carmo. Atualmente e desde 1994, atua como Assistente Técnico da Associação dos Amigos da Riviera de São Lourenço.

 Renato Amaral – (1944 – 2014)
Bacharel e Licenciado em Química com Atribuições Tecnológicas pela USP em 1969. Atuou na CETESB ente 1976 e 1986, tendo exercido os cargos de Chefe de Laboratório de Química Inorgânica, Gerente dos Laboratórios de Águas e Gerente de Qualidade de Águas. Atuou na instalação e operação da Central de Reagentes da CETESB e na implantação dos Sistemas de Controle de Qualidade Analítica dos Laboratórios, tendo sido também Coordenador Técnico do Seminário Internacional sobre Compostos Orgânicos em Águas para Consumo Humano (dez.1979) e do Seminário Nacional de Controle da Qualidade Analítica – Projeto GEMS/Água (Nov.1984) do qual foi Consultor da OMS para Implantação de Laboratórios de Águas (Jan.82, Mar.83 e Mar.84). Exerceu ainda as funções de Assessor Técnico, OPS – México (dez.84) – Curso Controle da Qualidade Analítica – GEMS/Água, Coordenador Técnico OMS – Global Enviromental Monitoring System – Water – (1984/85) e Colaborador na elaboração do Guia de Coleta e Preservação de Amostras de Água da CETESB (1987). Teve participação em outros 22 projetos e trabalhos de interesse da CETESB.

Falecido em 2014, terá seu nome e memória eternizados nesta Galeria de Honra do Fórum de Químicos da CETESB, como um dos mais importantes percussores da Química Ambiental nesta empresa.

 Roberto Godinho
Bacharel e Licenciado em Química pela USP – 1971, Mestre em Poluição do Ar – Master of Science – Water and Air Resources Division – Department of Civil Engineering – University of Washington – Seattle – WA – USA – 1979, Título da Tese: On the behavior of Model and Ambient Aerosols in the Laboratory.
Foi Assistente Técnico da Direção da Superintendência de Saneamento Ambiental – SUSAM (subrogada pela CETESB) entre janeiro de 1972 e abril de 1975, sendo supervisor de atividades de avaliação de Qualidade do Ar.
Na CETESB foi Gerente da Divisão de Amostragem e Análise do Ar entre 1975 e 1978, responsável pela Gerência de Qualidade do Ar entre 1978 e 1993 e Gerente do Departamento de Pesquisa Tecnológica Ambiental entre 1993 e 1995, quando supervisionou atividades na área de desenvolvimento de tecnologias para tratamento de resíduos sólidos, efluentes líquidos e água. Entre 1974 e 1996 publicou 24 trabalhos especializados sobre qualidade ambiental e representou a CETESB como consultor e coordenador de projetos junto a entidades como o CONAMA, a Secretaria Especial do Meio Ambiente do Governo Federal, a Organização mundial da Saúde, a FAPESP, e a GTZ (Cooperação Brasil/Alemanha em Pesquisa e Tecnologia Ambiental).
Foi o principal responsável pela instalação da Rede Telemétrica de Qualidade do Ar da CETESB.
De 1997 a 2000 e de 2005 a 2007 atuou como Assessor Técnico e Diretor de Planejamento e Meio Ambiente da Prefeitura de São Roque, coordenou a elaboração do Plano Diretor de São Roque, o equacionamento da coleta e disposição dos resíduos domiciliares e de serviços de saúde e a implantação da coleta seletiva no município.