http://www.cetesb.sp.gov.br

06/02/16 10:33

CETESB acompanha acidente em Jacareí

Reprodução/TV Vanguarda

Reprodução/TV Vanguarda

Atualizada às 13h49

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB) acompanhou neste sábado (06.02) o trabalho de reparo do talude que se rompeu ontem em Jacareí, lançando resíduos de mineração de areia no rio Paraíba do Sul. O vazamento foi contido às 13h20.

Na manhã de sexta-feira o talude da lagoa da mineração Meia Lua 1, em Jacareí, se rompeu, ocasionando lançamento de águas residuárias de beneficiamento de areia para o rio Paraíba do Sul. A Agência Ambiental de São José dos Campos da CETESB foi acionada e enviou técnicos para o local.

Foi feita a coleta de água, enviada para análise no laboratório de Taubaté. Até o momento, não foi possível estimar a quantidade de resíduo vazada. O lançamento provocou a alteração da qualidade das águas do Paraíba do Sul, constatada visualmente, além da alteração dos parâmetros de turbidez. Também não se constatou mortandade de peixes.

Acidente

O acidente aconteceu numa cava de areia da mineradora Rolando Comércio de Areia Ltda.. A empresa encontrava-se com suas atividades de extração e beneficiamento de areia em operação, numa cava próxima ao rio Paraíba do Sul, no bairro Meia Lua, em Jacareí. Ela lançava as águas residuárias, provenientes do beneficiamento, na lagoa da mineração Meia Lua 1, que por sua vez encontrava-se com suas atividades paralisadas.

Com o lançamento, houve não só alteração da qualidade da água da lagoa, com aumento de turbidez, como também elevação do seu nível, o que acabou por provocar o rompimento do talude, instalado entre a lagoa e o rio.

Ambas as mineradoras têm licença ambiental de operação da CETESB. A Meia Lua 1 está em processo de renovação da licença e, por isso, está com suas atividades paralisadas. As empresas não têm autorização da CETESB para o lançamento das águas residuárias da Rolando Comércio de Areia Ltda. para a lagoa da Meia Lua 1, o que deve acarretar ações de penalização cabíveis por parte da CETESB, a ser definida a partir da próxima quarta-feira (10.02).